(placeholder)

Para cima

Em Portugal - Distrito Faro

No distrito de Faro encontram-se os seguintes Monumentos aos Mortos da Grande guerra:

Lagos (1940)


Tavira (1933)

Links


Memórias de Pedra


Monumentos Nacionais


Monumentos de Guerra





Bibliografia


Sobral, José Manuel; Lima, Maria Luísa; Castro, Paulo; Sousa, Paulo Silveira e (2009), A Pandemia Esquecida, Olhares comparados sobre a pneumónica 1918-1919, Lisboa, Imprensa de Ciências Sociais.


Rosas, Fernando e Maria Fernanda Rolo, coordenação (2010), História da Primeira República Portuguesa, Lisboa, Tinta da China.


Correia, Sílvia (2010), Políticas da Memória da I Guerra Mundial em Portugal 1918-1933: entre a experiência e o mito, Tese de Doutoramento, Lisboa, FCSH-UNL.


Comissão dos Padrões da Grande Guerra, Relatório Geral da Comissão (1921-1936), Lisboa, C.P.G.G., 1936;


Relatórios de Gerências da Liga dos Combatentes da Grande Guerra;


Relatórios da Junta Patriótica do Norte.


Lagos

Tavira

O monumento situa-se na Praça da República. É uma homenagem a todos aqueles que pereceram na Grande Guerra em particular, aos militares do 3º Batalhão do Regimento de Infantaria n.º4 de Tavira, que morreram em combate na Flandres, em França.


O projecto foi da autoria de Alberto Ponce de Castro, começou a ser construído em 1932, sendo a primeira pedra lançada pelo Presidente da República, o Marechal Óscar Carmona, e inaugurado em 9 de Abril de 1933 pelo então Ministro da Guerra, o General Daniel Rodrigues de Sousa.


É uma estrutura tipo "padrão" sem estatuária.


Monumento construído para homenagear os combatentes da cidade de Lagos mortos durante a I Guerra Mundial.

Integra a seguinte inscrição: "Lagos glorifica a memória dos seus filhos mortos na Grande Guerra".


É um monumento tipo padrão, e começou a ser construido em 1933 e foi inaugurado a 15 de Junho de 1940. Situa-se na Praça Luís de Camões em Lagos.


Está referido no relatório da Comissão dos Padrões da Grande Guerra, Relatório Geral da Comissão (1921-1936), Lisboa, C.P.G.G., 1936; Relatórios de Gerências da Liga dos Combatentes da Grande Guerra; Relatórios da Junta Patriótica do Norte.


Fonte: MENDES, António Rosa, Faro. Roteiros Republicanos, Matosinhos, QuidNovi, 2010, p.59.

     

Foto 2017

Foto 2010